Powered by Blogger.
RSS

EVOLUÍDOS SEXUALMENTE


EVOLUÍDOS SEXUALMENTE

É mais um Domingo num Inverno Quente,
ótimo dia pra encher uma avenida de gente,
pra tornar esta Avenida reluzente.

Avenida Paulista, por tantos idolatrada,
mas que é toda concretada,
com seus “ mausoléus “ da especulação monetária,
que causa as pessoas uma vida tão temerária,
e nada como num Domingo encher a Avenida
de muita gente pra ocupa - la e entre outras coisas
a fazer, até dar umas pedaladas.

Mas tal ato, de ocupar a Avenida diferentemente,
causar a Ira dos “ Evoluídos Sexualmente “
que querem a Avenida só pra si para exibir
suas “ genitálias “ de todos tamanhos e tipos,
que agora tem a forma de “ Sedã , Cilindradas, Hatch, Coupé ou SUV “
pra ejacularem a poluição petrolífera,
causando uma ação tão Pestífera.

Estes “ Evoluídos Sexualmente “,
egocêntricos e individualistas,
que trafegam no interior de suas “ genitálias “,
não se importando com nada a sua volta,
na guerra diária de ocupação da Avenida
desta que por muitos tão querida,
mas que para os demais, pedestres ou ciclistas,
não dar a miníma guarida.
E que querem também aos Domingos
prosseguir com esta “ ferida “

Infelizmente é uma luta insana,
nesta falta de urbanidade,
que se tornou esta cidade
com tanta falta de autoridade,
e um Domingo que poderia ser uma Solenidade,
é motivo pra tanta tempestade.
( 30/08/2015 )




  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Ah, a lua , os relacionamentos e as fases



                                                                Imagem: Leonid Tishkov


cantada
declamada
fotografada
desnudada
enfeitada

Ah, a lua...
miragens
fase novidade

Ah, a lua...
fermento
fase velocidade


Ah, a lua...
que faz cócegas no Eu 
fase sensibilidade

Ah, a lua minguante

cortante
abdicante

Sigamos avante

Não pensem que estou aguardando a lua cheia
- Esse sol da demência
vaga e noctâmbula

Aguardo a lua nova
as boas novas
Por enquanto
brigadeiro em conta-gotas

Ah, a lua, os relacionamentos e as fases

♪ Esse segredo tão bonito do caminho
hieroglifos de um livro a decifrar...♪

Claudiane Ferreira



Lua Nova- Manoel Bandeira
http://www.escritas.org/pt/poema/11067/lua-nova



♪Apaixonados pela lua - Paula Fernandes






  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Revisar meu livro



Foto por EP. Gheramer

Depois dos afagos dos amigos e familiares encontrei-me sozinho e foi quando experimentei o indizível ao perceber que ele não é mais meu! Isso foi um choque, acreditem! Eu fiquei sem nada para fazer. Fiquei me sentindo como um tacho vazio que fora raspado até o fundo.
Ah, como estava bom fazer a revisão...
Assim como escrever um livro, revisar também precisa de um grande investimento de tempo, além de uma carga afetiva significativa. Enquanto o escrevia, vivenciei várias vidas diferentes, passando por um conflito atrás do outro. Esse tipo de coisa nos afeta. Quando eu terminei a primeira revisão, a última coisa que eu queria era revisar novamente.
Mas, era inevitável e com o passar dos dias, a revisão se tornou meu momento favorito. Em primeiro lugar, saber que os erros seriam corrigidos durante a revisão é libertador. Isso me ajudou a acabar com a ideia de que tudo precisa estar perfeito já na primeira escrita. Também percebi que, internamente, eu criei relações com esses personagens imaginários. Passamos horas, dias, semanas juntos e, em cada revisão do manuscrito, eu pude conhecê-los melhor. A revisão me permitiu entender porque eles são tão especiais para mim e me ajudou a aprofundar a análise de seus pontos fortes e fracos. Pude acrescentar profundidade aos personagens.
Outra coisa que me ajudou a começar a gostar da revisão é minha atração por desafios. Repensar partes de uma história que me levou tanto tempo para escrever é um grande desafio, e motiva o meu desenvolvimento como artista.
Como eu poderia não gostar disso?

SOBRE O LIVRO
Em um mundo informatizado, em que o virtual se confunde com o real, os novos amigos passam a serem invisíveis e as informações que se sucedem numa velocidade assustadora. Como entender isso? E como conviver num mundo em que as pessoas não se conhecem verdadeiramente. Vivemos num mundo novo e que se renova a cada dia e onde o fast food é a melhor opção ou a única, muitas vezes nos perdemos e ficamos sem saber quem somos, enquanto indivíduo único, numa sociedade massificada.
‘Identidade’ conta a história de um homem que vive neste mundo de hoje caótico e descreve sua trajetória na vida em busca de si mesmo. Encontrar-se é para ele a razão de sua vida. Assim, de dentro do caos mental, onde não falta a depressão, a síndrome do pânico e outros fantasmas, ele não se amedronta e, sem saber o que o impulsiona, ele parte em busca de si mesmo, pois, acredita que somente depois disso será capaz de viver numa sociedade, cujos costumes são tão diferentes dos dele.
Quem nunca se sentiu diferente? Ou melhor, quem já parou para pensar que é um ser único neste universo?
Neste livro encontramos as dificuldades que uma pessoa – qualquer pessoa – muitas vezes encontra e precisa vencer quando quer obter a sua própria individualidade. É a eterna busca por si mesmo.
Embora seja um livro de ficção, não raramente nos identificamos com os questionamentos do protagonista e dos demais personagens, enquanto procuram compreender a complexidade envolvida nessa busca de si mesmo; quando um indivíduo não consegue viver em paz enquanto não encontrar um sentido para a própria vida. Tudo contado da perspectiva de uma pessoa que pode ser qualquer um de nós.
Não há nada de novo. São apenas escolhas que fazemos no dia-a-dia, tal como a roupa que vamos usar.
Fazemos isto todos os dias de nossas vidas, mesmo que não tenhamos consciência disso.

Penso poder dizer com certeza que este livro é, em parte, o resultado das relações que mantive com as pessoas, através da Psicologia, da Biologia e da Teologia enquanto enfrentavam suas dificuldades.

Mente, Corpo e Espírito. Três em um. É o mistério da trindade do ser humano que é único, enquanto indivíduo.


EP.Gheramer


Link para o livro: IDENTIDADE









  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Eu não gosto de pensar em igualdade


 Eu não gosto de pensar em igualdade.
Também não gosto de falar de igualdades.
Ser igual é ser Nada, ou coisa nenhuma.
Ser igual a quem?
Quem haverá de ser melhor ou pior,
dependendo do meu desejo,
para servir de parâmetro à minha igualdade?
O que é “melhor”?
O que é “pior”?
Eis a questão.
Em qualquer dos casos, o igualar-se seria o mesmo
que deixar de existir como eu mesmo.
Não.
Decididamente eu não quero ser
igual a nenhuma pessoa quem quer que seja ou
a nenhuma coisa qualquer.
Eu não gosto de igualdade, porque amo a harmonia.
Amo olhar todas as coisas e pessoas desiguais
entre si e entre os outros,
vivendo juntos e desfrutando
o mesmo espaço,
o mesmo ar,
o mesmo tempo,
o mesmo Sol,
o mesmo calor do Sol,
o mesmo brilho de luz do Sol,
o mesmo Céu, o mesmo azul do Céu,
e, no entanto, cada um sentindo e vendo
todas essas coisas à sua maneira, individualmente.
(Quisera eu poder, num dado instante da minha vida, sentir e ver
uma mesma coisa da mesma maneira, exatamente da mesma maneira,
que qualquer outro alguém que não eu, sente e vê!)
(Quisera eu ser amado exatamente da mesma maneira que eu amo!)
Em todos os lugares porque passei, viajando daqui para lá,
eu detinha o meu olhar nas coisas que a Natureza me mostrava;
nunca vi nenhuma delas que fosse igual à outra;
nenhuma pedra igual à outra pedra;
nenhuma flor igual à outra flor, mesmo que da mesma espécie;
nenhuma árvore igual à outra árvore, ainda que fossem da mesma espécie;
nenhum pássaro igual à outro pássaro, ainda que sua espécie fosse a mesma;
nenhum animal, ainda que da mesma espécie,  igual à outro;
nenhum homem igual à outro homem, ainda que sejamos, todos, humanos.
O que sempre vi e senti,
o que nunca deixei de sentir e ver,
é a harmonia entre os desiguais na Natureza;
árvores das mais variadas espécies e tamanhos convivendo lado a lado,
junto à relva, junto aos arbustos e às flores e às gramíneas;
montanhas e planícies a perder de vista;
e cada qual muito feliz em ser o que é,
e viverem onde vivem ,
e de estarem um em companhia do outro,
respeitando-se mutuamente.
Era isto que sempre os meus olhos viam,
e os meus sentidos sentiam,
e os meus ouvidos ouviam;
é a harmonia que há nas coisas que Deus criou.
Eu, então, nunca mais me preocupei com a igualdade,
ou com a fraternidade, ou com a liberdade, pois
Tudo é harmonia.
Se eu estou em harmonia, que importância pode ter a igualdade,
ou a fraternidade ou a liberdade?
Só o estar em harmonia com todas as coisas entre o Céu e a Terra
tem importância,
pois é muito certo que tudo que vier como consequência,
de assim estar, será muito bom.
Não.
Não.
Será maravilhoso.
Com certeza estarei livre
mesmo que esteja em meio ao cerco da multidão!
Serei fraterno,
porque estarei desejando que todos os que estiverem ao redor de mim,
sintam todo o conforto de alma que eu estarei sentindo!
Por isso, tudo o que me importa com certeza absoluta,
é estar sempre em harmonia,
com tudo aquilo que for desigual a mim!
Graças a Deus que não sou igual a coisa alguma,
menos ainda a qualquer pessoa
 e qualquer pessoa
ou qualquer coisa
seja igual a mim!


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

IR PRA BEM LONGE







IR PRA BEM LONGE

Nem sempre a vivência,
significa experiência,
nem que se chegara a onisciência,
e o que se imaginava em melhorar a convivência,
para o meu Coração acabou em resultar em turbulência.

Não devia ter voltado pra essa cidade
que é uma Selva de Pedra.
Me enganei, me empolguei, me antecipei,
e comigo mesmo, acabei que me odiei.

Imaginava que teria em algum dia a companhia,
para um Café com Bolo do Chocolate,
pra ter uma conversa sem ser nenhum debate.

Ou num Domingo fortuito, fazer uma lasanha,
acompanhada de um vinho suave,
pra se conversar amenidade.

E enfim num Sábado qualquer,
compartilhar uma Pizza
meio Marguerita meio Escarola,
pra gente jogar uma conversa fora.

Mas nada disso ocorreu,
e o tempo passou rapidamente,
e então percebi que a realidade
e a gente perceber ser um ser indiferente.

Sei da minha convivência com minhas Carências,
e o domínio que tenho com Elas,
mas tinha uma ultima, que agora pus a prova,
e a minha Carência Especial,
que resultou em mais uma carência
a ser dominada, pra conviver
sabendo que não há precedência,
e seguir com mais esta dura abstinência.

Quero ir pra bem longe,
lá onde eu seja um estranho,
que não me iluda, com nenhuma esperança,
de nenhum tamanho.
( 21/08/2015 ) 


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Sinto falta de você!


                                                         Imagem Web

♪ Fecho os olhos pra não ver passar o tempo
Sinto falta de você...

De você e

do acalento com que bordava
cada palavra em dia nublado

da utopia de um abraço

da loucura de sentir a leveza
de um gesto encantado

do seu cuidar... Captar cada traço

♪ Então vem
Que eu conto os dias, conto as horas pra te ver

Claudiane Ferreira

♪ Trechos da música " Amor perfeito"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Para Lésbia

Imagem da Web

















Vivamos, minha Lésbia, e nos amemos
Que os rumores dos senis velhos
Todos não nos passem de centavos!
Os sóis podem se fazer poentes e alvoradas
Mas a nós, quando se esvai a breve luz,
Dormência perpetua resta.
Dá-me mil beijos, e em seguida cem,
E após mais mil, e mais cem.
E logo depois mais mil, e outros cem.
Então, quando já se fizerem milhares,
Esqueceremos a medida de todos, para que
Os que invejem nenhum mal nos faça,
Visto que não saberão quantos foram.

CATVLVS


Tradução: Brito, Josué. 2015. 

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Percevejo


Percevejo
inserto
perambulânsia
pelado
"in" terno,
sousseugado.

Desesperto
e medispeço
por peça,
masno entronco.

Socorro!

Finamente,
maestranquilo
vejogado
nuencanto
ubichuidade
danada!

Autocado,
recompenso:

- Quemeandou
verdemais?

Gilberto de Almeida
16/08/2015


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

O VOO DO SONHADOR

Poesia ainda inédita com tema "Pássaros" escrita para o Chá Cultural da AEPTI - Associação de Escritores, Poetas, Pintores e Trovadores de Itatiba, do qual sou sócio-diretor.
JGCosta




O VOO DO SONHADOR


Acredita-se que em 400 a.C. na Grécia antiga
Archytas fez um pombo de madeira planar
Por 180 metros ele flutuou no horizonte
E assim o homem continuou a sonhar

Cem anos depois foi a vez dos chineses
Que colocaram uma bela pipa no ar
Flutuando no céu era algo lindo de ver
E assim o homem continuou a sonhar

Foi Da Vince apenas na idade média
Que um ornitóptero veio a projetar
 Imitava um pássaro no bater das asas
E assim o homem continuou a sonhar

Em Portugal João se lançou de uma torre
E por instantes no alto veio a pairar
Foi somente um voo e o fim o abraçou
E assim o homem continuou a sonhar

Bartolomeu de Gusmão nasceu no Brasil
E o seu antecessor chegou a honrar
No século XVII seu balão saiu do chão
E assim o homem continuou a sonhar

Swendeborg no mesmo século descreveu
Uma máquina voadora que podia o céu rasgar 
Mas os recursos da época eram limitados
E assim o homem continuou a sonhar

Os irmãos Montgolfier muitos anos depois
Um novo balão chegaram a inventar
Mais de oito quilômetros o voo alcançou
E assim o homem continuou a sonhar

Cruzou a França no século que se seguiu
Um dirigível pilotado por Henry Giffard
O seu coração era um motor a vapor
E assim o homem continuou a sonhar

Num planador no início do século XVIII
O inglês George Cayley conseguiu voar
Lilienthal, Pilcher e Chanute vieram depois
E assim o homem continuou a sonhar

No avião foram muitos os colaboradores
Wiliam Henson foi o primeiro a patentear
Percy Pilcher quase entrou para a história
E assim o homem continuou a sonhar

Se foi o inventor Alberto Santos Dumont
Ou Orville Wright o primeiro a pilotar
O fato é que tanto o homem sonhou
Que um dia do pássaro tomou o lugar

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

SEM GRAÇA


SEM GRAÇA

Este Inverno esta tão Sem Graça,
esta tão calor que parece que
tudo ira virar carcaça.

Não há nem a mínima Brisa
pra fazer tilintar o Sino dos Ventos,
nem um Orvalho pra umedecer o relento.

Até o Ar esta mais rarefeito,
não há com respirar com proveito.

Claro que há um culpado,
que não é muito Educado,
e fez com que o Meio Ambiente,
ficasse desse jeito açodado.

É muito Sem Graça,
um Inverno sem um gole de cachaça,
pra descansar na praça,
vendo a gurizada fazendo arruaça,
onde não haja nenhuma trapaça,
pra gente amolecer, d'alma a couraça.

( 14/08/2015 ) 


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Tentando versar porque só metade de mim é o que digito




                                                         
                                                          Imagem: Alexandre Reis


O poeta mergulhou seu olhar 

titubeou, mas ensaiou um mosaico...

Por que não deitar sobre a cola o sentimento rasgado?


O poeta por instante sentiu um abalo...

E até pensou em pegar carona e ir até “aonde o nada vai dar/ É bem prá lá que eu vou”1

♪ Que a força do medo que tenho
não me impeça de ver o que anseio
que a morte de tudo que acredito
não me tampe os ouvidos e a boca
porque metade de mim é o que eu grito
mas a outra metade é silêncio.♪


O poeta conclama com ou sem Bic / A grandeza do ato de amor inserida em certos poemas.

Claudiane Ferreira


(1)  Trechos do poema do poeta Carlos Neves em:
 http://tubodeensaio-laboratorio.blogspot.com.br/2015/08/e-so-um-vazio.html


                                             Declamação - Metade









  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

DEBULHANDO VAMPIROS


DEBULHANDO VAMPIROS

Aprendi a conservar alho com um “ macetinho “,
que minha Mãe me ensinou com muito Carinho,
junta alho bem espremidinho
com um pouco de azeite e põe num vidrinho,
e é só levar pra geladeira pra ficar bem geladinho,
pronto. O alho vai ficar bem conservadinho.
Quatro cabeças de alho enche dois vidrinhos

Mas pra fazer isso, precisei Debulhar todo o alho,
enquanto fazia isto , percebi que estava
Debulhando Meus Vampiros.

Meus Vampiros são as “ muitas “ decepções que causei,
e algumas que “ acho “ que me decepcionei,
mas em matéria de decepção,
é mais fácil falar das sofridas,
do que das por mim causadas,
talvez vai ai um pouco de ingenuidade,
ou calor dos momentos de cegueira,
sempre causando algumas besteiras.

Decepção é um “ Vampiro “ ingrato,
que só com o tempo se percebe
que sempre faltou muito de sensato .

De tempos em tempos
há que “ Debulhar Vampiros “
pra poder ter o respiro
sem muito suspiro.
( 10/08/2015 ) 


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Cantilena

Josué Brito 
Por instante solitário, por instante sozinho,
Gostaria de me confundir com tua face e ser
O arrebol que se reflete nas alvas faces tuas.
Alhures de tua florescência das luzes tão
Distantes, no teu sol reflete os olhos que
Te veem em doce na primavera incessante.

Segredado em teus lábios o sorriso de todos
Os risos... um pedaço esculpido de todos teus
Arroubos, um dilema a ser desvendado... Um
Luzir tão amado... escondido em cada canto
De teus doces céus um pedaço de paixão.

Escondas os dislates que ainda tenhas, não
És feito anjo, já que não surgiste abraçada
Em inalcançável sensibilidade aos prantos
Humanos, mas tão próximas das veleidades
Que tem todos os planos e de todos os amores
Que tem todos os poetas, tu és mais.

Tu és no fim, estrela sem fim de um poeta,
Um brilho estrépito as utopias tantas...
Deveras do dilúculo és dono, mas mais
Te pertente a canção, te pertence à música,
Os olhos de ti fazem submissos... És o verso,
De um o tempo que só existe em nós. 

Josué Brito 

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

LENÇO DE PAPEL

LENÇO DE PAPEL

Acordei apavorado
meu peito estava todo ensaguentado,
era da cicatriz do Coração
que ainda não esta drenado.

Mas tenho um Lenço de Papel,
que absorveu o sangue
com gosto de Fel.

É Assim Que É.
Quando vier a Saudade Amarga.
Tem que ter um Lenço de Papel
pra absorver a dor que as vezes
não desembarga.

( 08/08/2015 ) 



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

É só um vazio




Carlos NNeves

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Nada !

Nada !
Sonhos vazios
em noite clara…

Nada!
nem os teus beijos
nem os teus abraços 
para acalmarem os meus desejos…

Nada!
Nem a palavra no poema de amor
Lua cheia desencantada…

Manuel Marques (Arroz)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Onde é que eu , que você , que nós ...

                                           
                                                 Imagem: Rita Cristina Pires Freitas

Na paleta misturo os tons que preciso colocar no amanhã

as mãos  insistem em  uma decoração imersa na nostalgia.

Claudiane Ferreira



Onde é que eu fui parar
Aonde é esse aqui
Não dá mais pra voltar
Por que eu fiquei tão longe?
Tão longe ♪










  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

PERIGOSAMENTE, CHATO !!!


PERIGOSAMENTE , CHATO !!!

Ultimamente, esse negocio de Cores,
esta, Perigosamente chato.

Eis que, se se fala de “ P “ você é Azul,
se se fala de “ T “ você é Vermelho,
se se fala de “ P & T “ você é Verde e Amarelo.

Eis que algo acontece no Hemisfério Norte,
uma questão de “ Gênero “,
e ai todo mundo fica Colorido.

E claro tem as cores das religiões,
que pode ser Dourado, Roxo, Azul , Branco e etc.

Tem também as cores da corporação policial,
de efetivo de maioria Parda e Negra,
mas que ao se fardarem de Preto, Azul,
Cinza, Caqui e ou Camuflado,
todos são transformado em ferozes,
Arianos Brancos.

Como tá Perigosamente chato,
essas Cores e seus correlatos.

Eis que Partidarismo não é Qualidade,
Gênero também não é Qualidade,
muito menos e principalmente
Religião não é mesmo Qualidade,
tal qual a profissão não é Qualidade,

Mas o que seria Qualidade ????
Ética ??? Solidariedade ???
Urbanidade ??? Respeito a opinião alheia ???
Como saber as Cores da Qualidade.

Mas claro que há Cores com Qualidade,
tais como o Lilas de uma plantação de Lavanda,
o Verde aliado a diversa Colorida da Flora,
bem com exuberância das Cores do Reino Animal,
ou seja a “ Natureza “ é a Qualidade em si,
sem que haja lá a minima interferência
seja la de quem ou do que quer que seja,
pois Ela a Natureza, é por natureza
a essência da Magnificência .

Já os outros Coloridos esses estão muito, mas muito,
Perigosamente, Chatos.

( 05/08/2015 ) 

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS



Desejo a você, uma segunda-feira com 


gostinho de morango... 









O acompanhamento, você quem escolhe. 








Pode ser: chocolate, 


chantilly, um docinho, um 


amor.... ou o que você quiser!














Bom dia! Emoticon smile

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Nos sonhos, eu te encontro






















Quando meus olhos se fecham,
Em pálido sonho e em plácido
Encanto mergulha minha mente...
Encontro em minhas veleidades
Todas as realidades que vivo contigo.

Meus pés se enchem de brilho
E então caminho entre as galáxias...
Todas elas tão próximas e tão
Amigas... É lá onde te encontro,
Fulgurante e cheia de glória...

Encantado com os olhos que como
Sóis te iluminam a face, tampo
Meus olhos, pois não se fazem
Dignos de ver teus emblemas, te
Amo apaixonado e me entrego
Tão prontamente quanto me queiras.

Estreladas que não falam, mas que
Murmuram por um instante
Bradam veementes no interior
Do meu corpo... como relógio desesperado
Pelo atraso das horas... meu peito
Palpita em descompasso, simplesmente
Entendes e sabes quanto eu te amo,
Acordado e no sonho...


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Publicações populares