Powered by Blogger.
RSS

E no teu corpo sem margens o amor é infinito...

Sonhei-te no vazio da tua ausência
nos silêncios da minha fantasia
doce e suave  era a tua pele que amava no teu corpo...

Amei-te em muitas palavras
outras fizeram-me amar-te muito mais
e no teu corpo sem margens o amor é infinito...

Manuel Marques (Arroz)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Publicações populares